Aller au contenu Aller au menu principal Aller à la recherche

Stress e esgotamento no trabalho: o resgate pela natureza!

O stress é uma parte irrenunciável do estilo de vida atual. Reuniões importantes, exames, mudanças laborais ou emocionais, provas desportivas, acidentes… todos temos que fazer frente a estas situações.

Assim, perante uma situação de ansiedade, o organismo responde (com diferentes graus de adaptação) mediante uma reação física concreta: o stress. Para aliviá-lo contamos com a ajuda de certas plantas e outros micronutrientes com propriedades calmantes.

O valor das plantas e dos micronutrientes

Valeriana
(Valeriana officinalis)

A popularidade da valeriana, muito comum na Europa, aumentou nas últimas décadas. Esta planta é uma grande ajuda em situações de ansiedade ou em casos de tensão provocada pelo stress. Também favorece o relaxamento, pelo que ajuda a recuperar a calma em caso de irritabilidade ou ansiedade. Outra das suas propriedades é ajudar a manter a qualidade do sono. Esta costuma ser administrada em combinação com o espinheiro branco e magnésio, que têm características semelhantes.

Passiflora
(Passiflora incarnata)

A passiflora, uma trepadeira com muitas flores e folhas tri-lobuladas, originária dos Estados Unidos e cultivada na Europa, tem propriedades calmantes. Esta pode contribuir para melhorar a qualidade do sono, assim como favorecer o relaxamento em caso de nervos ou stress. Costuma utilizar-se juntamente com o espinheiro branco para ajudar a eliminar a tensão acumulada e a recuperar um sono reparador.

Rhodiola
(Rhodiola rosea)

Desde que foi descoberta, os investigadores não deixaram de realizar investigações para determinar todas as propriedades da rodiola. Trata-se de uma planta perene, da qual se utiliza apenas a raiz, já que é nela que se encontram as propriedades calmantes, que fazem com que seja útil para favorecer o relaxamento em caso de stress transitório.

Lavanda
(Lavandula angustifolia)

A lavanda, um arbusto frondoso com flores violeta, possui propriedades calmantes. Mais conhecida pelo seu perfume do que pela sua utilização em fitoterapia, a lavanda contribui para o relaxamento e pode acalmar os nervos, a irritabilidade e ajudar a conciliar o sono, especialmente em combinação com outras plantas tranquilizantes. Favorece o descanso e a serenidade.

Magnésio

O magnésio é um sal mineral utilizado, desde há mais de 50 anos, para induzir o descanso devido aos seus efeitos sobre o sistema nervoso. Contribui para reduzir a fadiga provocada pelo stress e pelo esgotamento e costuma ser administrado em combinação com vitaminas do complexo B.

Vitamina B6

A vitamina B6 reduz a fadiga provocada pelo esgotamento e pelo stress. Contribui também para conservar as funções fisiológicas.

Crataegus
(Crataegus laevigata)

O espinheiro branco, um arbusto espinhoso com flores brancas que cresce à beira das florestas ou no campo, tem como fruto umas bagas de cor vermelha viva, que aparecem no outono. As suas propriedades relaxantes são conhecidas desde a idade média e também pode ajudar-nos a recuperar a qualidade do sono..

Triptofano

 

 

O triptofano é um aminoácido essencial que se encontra presente nos alimentos ricos de alto valor biológico (leite, ovos, peixe, carne). É o precursor da serotonina e é frequentemente utilizado em suplementos alimentares.

COMO UTILIZAR ESTAS PLANTAS E MICRONUTRIENTES ?

As combinações de plantas e/ou micronutrientes, que dão lugar a uma atuação complementar, podem ajudar a combater o stress de forma natural.

Nos suplementos alimentares, podemos encontrar, por exemplo, valeriana combinada com micronutrientes como a vitamina B6, o magnésio e o triptofano, ou com outras plantas como a rodiola, a passiflora…